Musicaliando

Posts Tagged ‘Uncategorized

Sabem qual a parte que eu mais gosto na Festa da Achiropita? Com toda certeza do mundo posso afirmar que são as músicas!

Quem fica lá fora não tem muito acesso ao show ao vivo da cantina, então não conhece o belíssimo show que o meu querido Paulo Spartani e a Banda Felice Italia fazem.

Eu já tenho o meu repertório e a música do post de hoje faz parte dele. Aliás, quero dedicá-la a uma pessoa que tem feito os meus dias mais animados e muito mais apaixonados!

 

 

QUANDO DICO CHE TI AMO – TONY RENIS

(Composição: A. Testa / T. Renis – 1967)

 

 

Quando dico che ti amo credi a me
è la pura sacrosanta verità,
fino a ieri sono stato uno che
s’ era sempre divertito e niente più.
Ma adesso no, non sono più così
questa volta giuro che
è veramente amore,
non dar retta alla gente credi a me
quando dico che ti amo
quando dico che ti amo
è la pura sacrosanta verità.
Ma adesso no, non sono più così
questa volta giuro che
è veramente amore,
non dar retta alla gente credi a me
quando dico che ti amo
quando dico che ti amo
è la pura sacrosanta verità.
Quando dico che ti amo credi a me
quando dico che ti amo
quando dico che ti amo
è la pura sacrosanta verità
è la pura sacrosanta verità.

 

 

Tradução e Áudio: http://italiasempre.com/verpor/quandodicoche2.htm

Anúncios

Essa música era de uma novela que eu realmente não me recordo agora. Mas acho romântica o suficiente pra me fazer suspirar! Ahh e vai dar início a uma série de posts do Ivan Lins que ainda estão por vir …

 

 

 

LEMBRA MIM – IVAN LINS

Composição: Vitor Martins / Ivan Lins

 

 

Lembra de mim!
Dos beijos que escrevi
Nos muros a giz
Os mais bonitos
Continuam por lá
Documentando
Que alguém foi feliz…

Lembra de mim!
Nós dois nas ruas
Provocando os casais
Amando mais
Do que o amor é capaz
Perto daqui
Há tempos atrás…

Lembra de mim!
A gente sempre
Se casava ao luar
Depois jogava
Os nossos corpos no mar
Tão naufragados
E exaustos de amar…

Lembra de mim!
Se existe um pouco
De prazer em sofrer
Querer te ver
Talvez eu fosse capaz
Perto daqui
Ou tarde demais…

Lembra de mim!…

Lembra de mim!
A gente sempre
Se casava ao luar
Depois jogava
Os nossos corpos no mar
Tão naufragados
E exaustos de amar…

Lembra de mim!
Se existe um pouco
De prazer em sofrer
Querer te ver
Talvez eu fosse capaz
Perto daqui
Ou tarde demais…

Lembra de mim!…

Adoreiiiiiiiiiiiii o Windows Live Writer … deu super certo!

Antigamente eu fica estressada porque nao consegui formatar os meus textos e o blog tava ficando feio … agora estou empolgada pra postar mais e mais!

 

 

 

NADA POR MIM – KID ABELHA

(Composição: Paula Toller / Herbert Vianna)

 

Você me tem fácil demais
Mas não parece capaz
De cuidar do que possui
Você sorriu e me propôs
Que eu te deixasse em paz
Me disse vai, e eu não fui

Não faça assim
Não faça nada por mim
Não vá pensando que eu sou seu

Você me diz o que fazer
Mas não procura entender
Que eu faço só pra te agradar
Me diz até o que vestir
Com quem andar e aonde ir
Mas não me pede pra voltar

O Inferno é olhar para trás nessa fração de segundos e saber que desperdiçamos uma oportunidade de dignificar o milagre da vida. O Paraíso é poder dizer nesse momento: “Cometi alguns erros, mas não fui covarde. Vivi minha vida e fiz o que deveria fazer.”

(Trecho do livro “O Aleph” de Paulo Coelho)

 

 

 

 

É preciso viver intensamente cada segundo de nossas vidas. Eu sei que na teoria parece lindo, mas na prática é difícil. Comece pouco a pouco, lentamente. Comece a observar mais as coisas que lhe acontecem no dia a dia e reflita sobre elas. Com o tempo você vai ver que pode até parecer difícil, mas não é impossível, e a recompensa é muito boa!

Ouvi a música do post de hoje na novela “Ti-Ti-Ti” e confesso que ameiiii. Aliás, esta novela esta trazendo vários hits antigões que eu adoro.

PS> Estou usando o Windows Live Writer pra fazer este post. Se der certo vou aderir!

Beijinhos, beijocas e beijões!

 
 
 
 
 
 
 
YOU’LL SEE – MADONNA

(Composição: Madonna)

You think that I can’t live without your love
You’ll see,
You think I can’t go on another day.
You think I have nothing
Without you by my side,
You’ll see
Somehow, some way

You think that I can never laugh again
You’ll see,
You think that you destroyed my faith in love.
You think after all you’ve done
I’ll never find my way back home,
You’ll see
Somehow, someday

All by myself
I don’t need anyone at all
I know I’ll survive
I know I’ll stay alive,
All on my own
I don’t need anyone this time
It will be mine
No one can take it from me
You’ll see

You think that you are strong, but you are weak
You’ll see,
It takes more strength to cry, admit defeat.
I have truth on my side,
You only have deceit
You’ll see, somehow, someday

All by myself
I don’t need anyone at all
I know I’ll survive
I know I’ll stay alive,
I’ll stand on my own
I won’t need anyone this time
It will be mine
No one can take it from me
You’ll see

You’ll see, you’ll see
You’ll see, mmmm, mmmm

Neste mês a correria ta braba porque eu quase não estou entrando na internet a noite e quando entro fico muito pouco.

Estou muito feliz com a repercussão deste blog, a cada dia que passa aumenta o número de visitantes por mês e com as estatísticas eu consigo analisar o perfil de quem passa por aqui. Não quero falar muito a respeito agora, mas o resultado é impressionante.

Há alguns dias eu ganhei o novo livro do Paulo Coelho – “O Aleph” – e estou apaixonada pelas primeiras páginas. Sou fã/leitora do Paulo há alguns anos, e tenho todos os livros (exceto os que eu emprestei). A escrita dele é muito próxima da realidade, as vezes tenho a impressão de que ele está aqui do meu lado me contando a historia.

Semana passada eu tava voltando pra casa e escutei uma música (ou metade dela), na hora reconheci a voz da Shakira e depois joguei o refrão no Google pra saber a letra.

Então vou compartilhar com vocês! Tenho a impressão de que a música é nova, mas não posso garantir porque eu raramente escuto rádio hoje em dia. Eu veramente me identifiquei!

GYPSY – SHAKIRA

Composição: A. Ghost / Shakira / I. Dench / C. Sturken / E. Rogers

Broke my heart down the road
Spent the weekend
Sewing the pieces back on

Crayons and dolls pass me by
Walking gets too boring
When you learn how to fly

Not the homecoming kind
Take the top off
And who knows what you might find

Won’t confess all my sins
You can bet i’ll try it
But you can’t always win

‘Cause I’m a gypsy
Are you coming with me?
I might steal your clothes
And wear them if they fit me

I never make agreements
Just like a gypsy
And I won’t back down
‘Cause life’s already bit me

And I won’t cry
I’m too young to die
If you’re gonna quit me
‘Cause I’m a gypsy [2x]

I can’t hide what I’ve done
Scars reminds me
Of just how far that I’ve come

To whom it may concern
Only run with scissors
When you want to get hurt

‘Cause I’m a gypsy
Are you coming with me?
I might steal your clothes
And wear them if they fit me

I don’t make agreements
Just like a gypsy
And I won’t back down
‘Cause life’s already bit me

And I won’t cry
I’m too young to die
If you’re gonna quit me
‘Cause I’m a gypsy

And I said “Hey you, you’re no fool if you say no”
Ain’t it just the way life goes?
People fear what they don’t know

Come along for the ride, oh yeah
Come along for the ride, oh

‘Cause I’m a gypsy
Are you coming with me?
I might steal your clothes
And wear them if they fit me

I never made agreements
Just like a gypsy
And I won’t back down
‘Cause life’s already bit me

And I won’t cry
I’m too young to die
You’re gonna quit me
‘Cause I’m a gypsy

QUEL MAZZOLIN DI FIORI – CANTO DE MONTANHA

(Composição: Anônimo – 1904)

Quel mazzolin di fiori,
che vien dalla montagna.
E bada ben che non si bagna
che lo voglio regalar,
e bada ben che non si bagna
che lo voglio regalar.

Lo voglio regalare,
perchè l’è un bel mazzetto.
Lo voglio dare al mio moretto
questa sera quando vien,
lo voglio dare al mio moretto
questa sera quando vien.

Stasera quando viene,
sarà una brutta sera.
E perchè lui sabato sera
lui non è vegnù da me,
e perchè lui sabato sera
lui non è vegnù da me.

Non l’è vegnù da me,
l’è andà dalla Rosina.
E perchè mi son poverina
mi fa pianger e sospirar,
e perchè mi son poverina
mi fa pianger e sospirar.

Fa pianger e sospirare,
sul letto dei lamenti.
E cosa mai diran le genti,
cosa mai diran di me?
e cosa mai diran le genti,
cosa mai diran di me?

Diran che son tradita
tradita nell’amore.
E sempre a me mi piange il core
e per sempre piangerà,
e sempre a me mi piange il core
e per sempre piangerà.

LA BELA POLENTA – CANTO POPULAR VENETO

(Composição: Anonimo – 1919)

Quando si pianta la bela polenta,
la bela polenta si pianta così,
si pianta così, si pianta così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum.
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando la cresce la bela polenta,
la bela polenta la cresce così,
si pianta così, la cresce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando fiorisce la bela polenta,
la bela polenta fiorisce così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si smissia la bela polenta,
la bela polenta si smissia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si taia la bela polenta,
la bela polenta si taia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si mangia la bela polenta,
la bela polenta si mangia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così, si mangia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si gusta la bela polenta,
la bela polenta si gusta così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così, si mangia così,
si gusta così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando fenisce la bela polenta,
la bela polenta fenisce così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smiscia così,
si taia così, si mangia così,
si gusta così, fenisce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2 outros seguidores

Olá! Sejam bem vindos ao meu blog de letra de música. Meu nome é Carina, mas todos me chamam de Nina. Como toda geminiana sou fascinada com a comunicação, por isso tenho uma necessidade muito grande em me comunicar, em dizer ao mundo oque eu penso. Também sou apaixonada por música italiana e viciada em música latina. Se você também gosta vai encontrar várias letras por aqui. Tenho paixão pela música desde criança e tento registrar aqui um pouco da emoção que cada letra de música traz para a minha vida. Espero que gostem, curtam e se identifiquem!

setembro 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Mais Acessados

  • Nenhum

Mais Avaliados

Estatística do Blog

  • 9.014 hits

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios