Musicaliando

Archive for março 2010

Ontem, assistindo a um filme nacional (que eu não lembro o nome) ouvi uma música do Monarco e fiquei na loucura pra postar ela aqui. Hoje em dia podemos ouvi-la em várias vozes, dentre elas a do Martinho da Vila, Leci Brandão e o Péricles do Exaltasamba. A letra é tão bonita que fica bem na voz de qualquer um deles.

Vou ver se consigo postar alguns sambas antigos que eu gosto até o final deste mês.

 

TUDO MENOS AMOR

(Composição: Monarco / Walter Rosa Seresta)

Tudo que quiseres te darei oh flor!
Menos meu amor
Darei carinho se tiveres a necessidade
E peço a deus para lhe dar muita felicidade
Infelizmente só não posso ter-te para mim
Coisas da vida, é mesmo assim!
Embora saiba que me tens tão grande adoração
Eu sigo a ordem e essa é dada por meu coração
Neste romance existem lances sensacionais
Mas te dar o meu amor, jamais
A gente ama verdadeiramente uma vez
Outras são puras fantasias, digo com nitidez
Mais uma história de linguagens sensíveis e reais
O que quiseres mas, o meu amor, jamais!

Tudo que quiseres …..

Festa … festa … festa!

Outro dia sai com meu “par romântico” , uma amiga e a galera dela. A proposta era uma balada de salsa que já vínhamos combinando há algum tempo. Me diverti muitoooooo …. muito mesmooooooooo! Que delícia tomar marguerita e se jogar na pista com ritmos latinos.

Eu não vou postar uma música latina hoje, mas vou postar a musica de um cantor latino lindoooooo!

 

 

LIVING LA VIDA LOCA – RICK MARTIN

(Composição: Robi Rosa / Desmond Child)

She’s into superstitions
Black cats and voodoo dolls
I feel a premonition
That girl’s gonna make me fall

She’s into new sensations
New kicks and candle light
She’s got a new addiction
For every day and night

She’ll make you take your clothes off
And go dancing in the rain
She’ll make you live the crazy life
Or she’ll take away your pain
Like a bullet to your brain

Upside inside out
She’s living la Vida Loca
She’ll push and pull you down
Living la Vida Loca
Her lips are devil red
And her skins the color moca
She will wear you out
Living la Vida Loca
Living la Vida Loca
She’s living la Vida Loca

Woke up in New York City
In a funky cheap motel
She took my heart and she took my money
She must of slipped me a sleeping pill

She never drinks the water
makes you order French Champagne
And once you’ve had a taste of her
You’ll never be the same
She’ll make you go insane

Upside inside out
She’s living la Vida Loca
She’ll push and pull you down
Living la Vida Loca
Her lips are devil red
And her skins the color moca
She will wear you out
Living la Vida Loca
Living la Vida Loca
She’s living la Vida Loca

She’ll make you take your clothes off
And go dancing in the rain
She’ll make you live the crazy life
Or she’ll take away your pain
Like a bullet to your brain

Upside inside out
She’s living la Vida loca
She’ll push and pull you down
Living la Vida loca
Her lips are devil red
And her skins the color moca
She will wear you out
Living la Vida loca
Living la vida loca
She’s living la Vida loca

Hoje eu assisti “Shall we Dance” (Dança Comigo?) na TV. Adoroooooooo de montão. É meio musical, meio história de amor, com direito a Richard Gere e J-Lo.

Mas pra mim o ponto forte do filme é a trilha sonora recheada de músicas latinas, entre elas a que eu vou postar aqui. Isso sem falar da desenvoltura da J-Lo para dançar e aquela cara de orgasmo contínuo que ela tem quando está dançando – não há a mínima possibilidade de não sentir inveja!

A música de hoje tem duas versões mais famosas, uma na voz de Michael Buble e outra na voz das Pussycat Dolls. Adoro as duas, cada uma tem um arranjo diferente. Essa música também ficou conhecida como a Dança do Siri do Pânico.

Desejo a vocês muito Tcha Tcha Tcha!!!

 

 

SWAY

 

When marimba rhythms start to play
Dance with me, make me sway
Like a lazy ocean hugs the shore
Hold me close, sway me more

Like a flower bending in the breeze
Bend with me, sway with ease
When we dance you have a way with me
Stay with me, sway with me

Other dancers may be on the floor
Dear, but my eyes will see only you
Only you have that magic technique
When we sway I go weak

I can hear the sounds of violins
Long before it begins
Make me thrill as only you know how
Sway me smooth, sway me now

Sway me, make me
Thrill me, hold me
Bend me, ease me
You have a way with me

Sway with me
Sway (sway) (Sway)

Other dancers may be on the floor
Dear, but my eyes will see only you
Only you have that magic technique
When we sway I go weak
I go weak

I can hear the sounds of violins
Long before it begins
Make me thrill as only you know how
Sway me smooth, sway me now
Make me thrill as only you know how
Sway me smooth, sway me now
Make me thrill as only you know how
Sway me smooth, sway me now
Sway me
Sway me
Sway me now

Hoje é o centenário da minha Bisavó, então quero refletir sobre isso. Acredito que todos nós temos uma missão nesta vida, então cem  anos é um tempo legal para aprender alguma coisa. Mas em contrapartida, pode acontecer de não aprendermos nada e depois de um século irmos embora sem ter aprendido nada.

Será que a minha bisa aprendeu? Ela nasceu na roça, se casou aos 14 anos e teve filhos. Perdeu o marido muito cedo, criou os filhos praticamente sozinha. Não se casou novamente. Morou sozinha até os 90 anos e ia a missa religiosamente todos os domingos. Hoje ela vive em uma casa de repouso porque precisa de cuidados médicos 24h por dia, recebe apenas familiares e vem perdendo a memoria aos poucos, tem mais facilidade em lembrar coisas antigas. Não vê televisão, toma sol algumas vezes por semana (a pele dela ficou muito fina, ela não pode se expor ao sol por muito tempo) e não vê a rua ou assiste a uma missa há quase dez anos. Mais que ter aprendido algo, será que ela foi feliz? Será que ela É feliz?

Não sei se vou viver tempo suficiente para alguem me chamar de bisavó ou até mesmo tataravó (ela tem mais de cinco tataranetos). Mas que quero viver tempo suficiente para contar a todos aqueles que vão ficar por aqui que eu não sei se já cumpri a minha missão, mas fui feliz até o fim.

Não sei qual a minha missão, não sei até quando estarei por aqui e até quando eu aguento. Mas peço a Deus que me deixe cumprir minha missão e me permita ser feliz por muitos anos. Só aceito completar um centenário se esse for repleto de alegria, amor, saúde e muita historia boa pra contar.  

A musica de hoje não tem nada a ver com um centenário, mas é uma música que eu ouvia muito quando era criança e tem uma letra que serve para qualquer idade.

 

LUA DE CRISTAL – XUXA

(Composição: Michael Sulivan)

Tudo pode ser, se quiser será
O sonho sempre vem pra quem sonhar
Tudo pode ser, só basta acreditar
Tudo que tiver que ser, será

Tudo que eu fizer
Eu vou tentar melhor do que já fiz
Esteja o meu destino onde estiver
Eu vou buscar a sorte e ser feliz
Tudo que eu quiser
O cara lá de cima vai me dar

Me dar toda coragem que puder
Que não me falte forças pra lutar
Vamos com você
Nós somos invencíveis, pode crer
Todos somos um
E juntos não existe mal nenhum
Vamos com você
Nós somos invencíveis, pode crer
O sonho esta no ar
O amor me faz cantar, faz cantar

Lua de cristal
Que me faz sonhar
Faz de mim estrela
Que eu já sei brilhar
Lua de cristal
Nova de paixão
Faz da minha vida
Cheia de emoção

Tudo que eu fizer
Eu vou tentar melhor do que já fiz
Esteja o meu destino onde estiver
Eu vou buscar a sorte e ser feliz
Tudo que eu quiser
O cara lá de cima vai me dar
Me dar toda coragem que puder
Que não me falte forças pra lutar
Vamos com você
Nós somos invencíveis, pode crer
Todos somos um
E juntos não existe mal nenhum
Vamos com você
Nós somos invencíveis, pode crer
O sonho esta no ar
O amor me faz cantar, faz cantar

Lua de cristal
Que me faz sonhar
Faz de mim estrela
Que eu já sei brilhar
Lua de cristal
Nova de paixão
Faz da minha vida
Cheia de emoção

Ontem eu sai para dançar. Na verdade beber e dançar! Adoro festas Open Bar. Meu professor de espanhol sempre diz que quando ouve ou lê algo relacionado a Open Bar lembra de mim. A verdade é que eu adoro festas, e se for open bar …. melhor ainda!

Eu acho que meus primeiros passos foram de dança. Sempre particiepi de eventos que envolvem músicas desde criança na época da escola, adorava participar daquelas apresentações inusitadas … rs. Tenho fotos desta época, uma delas vestida de árvore na festa da primavera. Claro que hoje em dia eu dou risada, mas naquela época adorava tudo isso e lembro até de alguns ensaios da pré escola.

Vim para São Paulo no começo da minha adolescência e consequentemente entrei para o Grêmio Recreativo Cultural e Social Escola de Samba Vai Vai. Demorei muito pra aprender a sambar e tive um professor que além de paciente conseguiu me ensinar muito bem. Eu tinha um tamanco daqueles de passista com o salto bem grosso e uns 15 cm de altura. Ensaiava até 3 vezes por semana na quadra da escola por horas e horas sem me cansar. Pode parecer fácil, mas pra quem conhece o asfalto estrassalhado do lugar pode imaginar oque eu passei.

Às vezes voltava pra casa com os pés cheios de bolhas e muita dor nas pernas. Eram horas e horas sambando sem parar. Na hora a gente não sente nada, mas quando você para o corpo responde com força total. Já saí da aveida em dia de desfile com os pés sangrando por causa do sapato, praticamente em carne viva. Em 2006 fui atropelada dez dias antes do carnaval. Nesse ano me programei para desfilar em três escolas e vi meu mundo cair quando tudo aconteceu. Cumpri os três dias de desfile a base de muito Dorflex e maquiagem para esconder os hematomas. Acho que não preciso nem dizer o quanto fiz tudo isso com muito amor e alegria. Minha paixão pela dança (e pela escola) me fizeram superar qualquer dificuldade.

Enfim! A dança sempre foi a minha paixão, por isso nunca conseguiria viver sem festas, música e agitação. A bebida vem como consequencia, é bom pra se soltar. Às vezes é preciso tomar um porre daqueles pra entrar na história. A parte ruim é a ressaca, mas isso eu acho que já aprendi a tirar de letra!

Já fizeram comparações, então não poderia colocar outra letra senão …

 

REHAB – AMY WINEHOUSE 

 

They tried to make me go to rehab
But I said ‘no, no, no’
Yes, I’ve been black, but when I come back
You’ll know-know-know
I ain’t got the time
And if my daddy thinks I’m fine
He’s tried to make me go to rehab
But I won’t go-go-go

I’d rather be at home with Ray
I ain’t got seventy days
‘Cause there’s nothing
There’s nothing you can teach me
That I can’t learn from Mr. Hathaway

I didn’t get a lot in class
But I know it don’t come in a shot glass

They tried to make me go to rehab
But I said ‘no, no, no’
Yes, I’ve been black, but when I come back
You’ll know-know-know
I ain’t got the time
And if my daddy thinks I’m fine
He’s tried to make me go to rehab
But I won’t go-go-go

The man said “why do you think you’re here?”
I said “I got no idea.
I’m gonna, I’m gonna lose my baby,
So I always keep a bottle near.”
He said “I just think you’re depressed,
Kiss me here, baby, and go rest.”

They tried to make me go to rehab
But I said ‘no, no, no’
Yes, I’ve been black, but when I come back
You’ll know-know-know

I don’t ever want to drink again
I just, ooh, I just need a friend
I’m not going to spend ten weeks
And have everyone think I’m on the mend

It’s not just my pride
It’s just ‘til these tears have dried

They tried to make me go to rehab
But I said ‘no, no, no’
Yes, I’ve been black, but when I come back
You’ll know-know-know
I ain’t got the time
And if my daddy thinks I’m fine
He’s tried to make me go to rehab
But I won’t go-go-go

Ontem eu chamei uma amiga no msn e fiz uma pergunta. Na tentativa de se explicar, ela acabou se atropelando nas palavras e quando li a resposta achei que ela tinha sido grosseira. Aquilo me atingiu de um modo que eu comecei a chorar. Não pelo que ela escreveu, mas pelo simples fato de perceber que nossa amizade poderia acabar.

Fiquei em choque. Não havia motivos pra ela responder daquela maneira, e mais: não é do estilo dela responder daquela maneira. Poucos minutos depois ela me chamou de volta e percebeu que eu tinha interpretado errado oque ela escreveu. Tentou se desculpar e explicar oque queria dizer EXATAMENTE. Na hora o meu alivio não foi saber que havia um engano, mas sim que continuaríamos amigas.

Não nos conhecemos desde a infância, e a ultima vez que nos vimos acredito que tenha sido no meu aniversário. Mas temos um elo de amizade que pra mim é muito forte. Ela não participou de todos os meus grandes momentos, mas participou dos poucos que eu mais gostei. Mesmo longe ela está sempre presente, ela se faz presente. Seja com um simples OI no MSN, um recadinho no orkut ou até mesmo um daqueles emails que sempre encaminhamos pra todas as pessoas que gostamos. Eu também participei de bons momentos com ela, seja no nosso mega cruzeiro ou até mesmo quando ela me mandou por depoimento a mensagem de que estaria namorando. São coisas simples, eu sei! Mas em nossa convivência virtual diaria sabemos os sonhos uma da outra e também sabemos oque pode ser uma grande realização.

Ela sabe que estou atravessando uma fase delicada e que está sendo muito dificil pra mim. Tenho pessoas que teoricamente são mais proximas e conheço há muito mais tempo, mas com certeza não sabem oque estou passando.

Só me resta agradecer o carinho, a amizade, o companheirismo e as palavras de força e afeto. Essas são realmente as únicas coisas que eu posso esperar de uma pessoa como você! Te adoro muito, muito, muito.

Existem tantas outras músicas que eu poderia colocar aqui, mas vou colocar uma que lembre bons momentos! E como diz na música: “Algumas pessoas são como Segunda Feira e outras Jóias Preciosas”

 

 

MONDAY – CARLO DALL’ANESE E FÁBIO CASTRO

 

It is Sunny but cloudy inside…

Life still goes on…
Like weeks that come and go…
Some people are like Mondays and some others precious gold…
Beyond the deepest land of truth,
Beyond what means,
Beyond what is,
The walls around my heart
It is Sunny but cloudy inside…

Get past my Monday morning…
It’s so hard to see you go…
I don’t care,
I don’t care,
I don’t care…
Oh no!
Get past these sounds of winter,
And move on to the next girl…
I don’t know,
I don’t know,
I don’t know…
I didn’t think so…

Tags:

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2 outros seguidores

Olá! Sejam bem vindos ao meu blog de letra de música. Meu nome é Carina, mas todos me chamam de Nina. Como toda geminiana sou fascinada com a comunicação, por isso tenho uma necessidade muito grande em me comunicar, em dizer ao mundo oque eu penso. Também sou apaixonada por música italiana e viciada em música latina. Se você também gosta vai encontrar várias letras por aqui. Tenho paixão pela música desde criança e tento registrar aqui um pouco da emoção que cada letra de música traz para a minha vida. Espero que gostem, curtam e se identifiquem!

março 2010
S T Q Q S S D
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Mais Acessados

  • Nenhum

Mais Avaliados

Estatística do Blog

  • 9.014 hits

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios